10 filmes latino-americanos incríveis que você precisa assistir

Os países latino-americanos fizerma nos últimos anos, uma enorme revolução no cinema. Cada vez mais, fica claro que há, por aqui, boas ideias e roteiros originais.

Listamos abaixo 10 obras geniais que vale cada segunda e que você não pode deixar de assistir.

O Segredo de Seus Olhos


Cidade de Deus (Brasil, 2002)

Disponível na Globoplay
“Cidade de Deus” é um longa-metragem dirigido por Fernando Meirelles e trata do Brasil entre a metade da década de 70 e início de 80. No filme se vê tudo o que é o crime organizado e o extenso e influenciável mundo do tráfico de drogas e violência, que marcavam e faziam suas leis nas favelas cariocas.

Cidade de Deus

O Segredo de Seus Olhos (Argentina, 2009)

Disponível no Prime Video
“O Segredo de Seus Olhos” é um filme de drama/suspense dirigido por Juan Jose Campanella baseado no livro “O Segredo dos Seus Olhos” de Eduardo Sacheri. Foi vencedor do Oscar de melhor filme estrangeiro e sem dúvida foi um dos melhores filmes de 2009. A história se desenrola entre as lembranças, os tribunais e o amor. A sutileza e envolvência com que Campanella narra a história, fará com que você se sinta identificado com os personagens. Melhor não estragarmos a surpresa e deixaremos você se surpreender com esse incrível filme estrelado pelo não menos incrível ator Ricardo Darín.

O Segredo de Seus Olhos

Amores Brutos (México, 2000)

Disponível na Netflix
“Amores Brutos” é um longa-metragem do diretor Alejandro Gonzáles Iñarritu. Um filme repleto de emoções e muito excitante. Fala sobre a redenção e as experiências humanas que muitas vezes são cruas e magoam, mas ao mesmo tempo, ensinam a se reconciliar consigo mesmo e manter viva a esperança.

Amores Brutos


Relatos Selvagens (Argentina, 2014)

Disponível no Globoplay
Diante de uma realidade crua e imprevisível, os personagens deste filme caminham sobre a linha tênue que separa a civilização da barbárie. Uma traição amorosa, o retorno do passado, uma tragédia ou mesmo a violência de um pequeno detalhe cotidiano são capazes de empurrar estes personagens para um lugar fora de controle.

Relatos Selvagens

Machuca (Chile, 2004)

Disponível na Netflix
‘Machuca’ mostra a história de um colégio de elite em Santiago, que, durante o período de Salvador Allende, buscou integrar alunos de poucos recursos às salas de aula. Mais que uma história das divisões políticas da época, a obra mostra as desigualdades sociais que ainda dividem os chilenos.

Machuca

Pelo Malo (Venezuela, 2014)

Disponível no Prime Video
Junior (Samuel Lange Zambrano), um menino de nove anos de idade, sonha em alisar o cabelo para ficar mais parecido com sua imagem fantasiosa de um cantor de cabelos compridos. Sua mãe Marta (Samantha Castillo) luta para sustentar a família após a morte do marido e, ao mesmo tempo, tenta evitar o jeito diferente do filho.

Pelo Malo

Que Horas Ela Volta? (Brasil, 2015)

Que Horas Ela Volta? é um filme brasileiro de 2015, do gênero drama, escrito e dirigido por Anna Muylaert. O filme é protagonizado por Regina Casé e trata dos conflitos que acontecem entre Val, uma empregada doméstica do Brasil e seus patrões de classe média alta, criticando as desigualdades da sociedade brasileira.

Que horas ela volta?

Contra Corrente (Peru, 2009)

Filme dirigido por Rafael Gutierrez e Elisa Salinas. A obra pertence ao gênero de drama e romance, sobretudo ao drama, já que em várias cenas há acontecimentos tristes, e inclusive cruéis para os protagonistas. Nos mostra a crua realidade em que pode m viver várias mulheres devido às mudanças de comportamento dos homens. Assim mesmo, lutam dia a dia para enfrentar a situação em que cada uma vive e não se dão por vencidas.

Contra Corrente

NO (Chile, 2012)

Disponível no Telecine
Chile, 1988. Pressionado pela comunidade internacional, o ditador Augusto Pinochet aceita realizar um plebiscito nacional para definir sua continuidade ou não no poder. Acreditando que esta seja uma oportunidade única de pôr fim à ditadura, os líderes do governo resolvem contratar René Saavedra (Gael García Bernal) para coordenar a campanha contra a manutenção de Pinochet. Com poucos recursos e sob a constante observação dos agentes do governo, Saavedra consegue criar uma campanha consistente que ajuda o país a se ver livre da opressão governamental.

NO

Central do Brasil (Brasil, 1998)

Disponível no Globoplay
Dora, uma amargurada ex-professora, ganha a vida escrevendo cartas para pessoas analfabetas, que ditam o que querem contar às suas famílias. Ela embolsa o dinheiro sem sequer postar as cartas. Um dia, Josué, o filho de nove anos de idade de uma de suas clientes, acaba sozinho quando a mãe é morta em um acidente de ônibus. Ela reluta em cuidar do menino, mas se junta a ele em uma viagem pelo interior do Nordeste em busca do pai de Josué, que ele nunca conheceu.

Central do Brasil