La Casa de Papel: Tudo sobre o final SURPREENDENTE da série

Já está entre nós os últimos episódios de "La Casa de Papel". Depois da morte de Tóquio (Úrsula Corberó) na primeira parte da 5ª temporada, algo era senso comum entre os espectadores: qualquer um poderia sair morto na etapa final. Os últimos episódios estrearam na Netflix e colocaram fim no mistério.

Alerta Spoiler!

La Casa de Papel


A segunda parte do fim de "La Casa de Papel" estreia com apenas cinco episódios de quase uma hora de duração cada.

Para quem chegou até aqui – e só quer saber como tudo isso acaba – provavelmente o início da temporada irá fazer com que você perca um pouco a paciência, pois é arrastado, com excesso de lavagem de roupa suja, flashbacks cansativos, a famosa "encheção de linguiça" e pouca ação.

Superado isso, "La Casa de Papel" conseguiu trazer altas doses de adrenalina e dar finais dignos aos personagens.

Reprodução/Netflix

Dentro do Banco da Espanha, o assalto que está rolando desde a temporada 3 continua e parece que não vai acabar nunca. Mas acaba! E ainda assim consegue trazer algumas cenas nostálgicas e surpreendentes.



Bando rendido

Sair do Banco da Espanha não vai ser fácil para nenhum dos lados. Depois da guerra interna com a invasão do Exército, restam nove combatentes de macacão vermelho e apenas dois "e meio" do lado da polícia.

Uma das integrantes do Exército se finge de morta e consegue desativar as entradas do banco silenciosamente, se locomovendo pelos túneis de ar. Enquanto isso, o líder Sagasta (José Manuel Seda) finge que se entregou e solicita dois médicos para cuidar de um dos soldados feridos.

O que o bando não sabe é que os médicos também são parte do Exército, reforçando o time dentro do banco. Algum tempo depois, o plano de Sagasta dá certo e o bando é rendido. Com o desfecho, o Professor resolve também se entregar para a polícia e vai dirigindo até o banco.

Divulgação/Netflix

Sierra aliada

Alicia Sierra (Najwa Nimri) ainda resiste e até foge com sua bebê do esconderijo do Professor e de seus aliados. Mas após muitas reviravoltas e situações inesperadas que a aproximam de seu maior inimigo, ela acaba como uma aliada.

Divulgação/Netflix


Ouro roubado

Depois de atingir o objetivo e retirar as 90 toneladas de ouro da reserva do Banco da Espanha, o Professor e sua equipe são enganados do lado de fora. Fingindo ser policiais que os capturaram, um outro grupo consegue roubar e esconder todo o ouro.

Grupo esse liderado por Tatiana (Diana Gómez), ex-mulher de Berlim, que sabia de todo o plano, e Rafael (Patrick Criado), filho de Berlim (Pedro Alonso) e sobrinho do Professor.


Divulgação/Netflix

Ninguém engana o Professor

A série começou com o Professor apresentado como um gênio, e, claro, também precisa terminar assim. Já prevendo que Tatiana, única pessoa que não é sua aliada e sabia do plano, poderia intervir, o cabeça do assalto deixa prontas barras de latão banhadas a ouro.

Mesmo sem saber onde está o ouro de verdade, o Professor usa as barras como moeda de troca com o chefe da polícia, Coronel Tamayo (Fernando Cayo). Com a divulgação que toda a reserva da Espanha foi retirada do banco, o assalto vira notícia no mundo todo e a bolsa de valores despenca. Sem apoio do Banco Central Europeu, o país pode decretar falência.

Para que ambos saiam ganhando, os ladrões "devolvem" o tesouro e enganam a população, em uma negociação que vira segredo de Estado.

TODOS MORREM?

Todos morrem. Só que não. O bando inteiro liderado pelo Professor (Álvaro Morte) é dado como morto pela polícia. Seus corpos são retirados em sacos e a polícia declara vitória na missão. Mas…


A verdade é que estão todos vivos. Eles ganham novos passaportes e vão viver em Portugal com nomes novos. A gangue acaba tendo seu final feliz.

Via: UOL

Reprodução/Netflix

Postar um comentário

0 Comentários