Conheça "Os Ausentes", série brasileira que estreia AMANHÃ na HBO MAX

OS AUSENTES, é a primeira série Max Original brasileira produzida pela WarnerMedia Latin America, e que estreia nesta quinta-feira, 22 de julho exclusivamente na HBO Max.

Os Ausentes (Reprodução/HBO Max)


A série investigativa de dez episódios, com 45 minutos de duração cada, protagonizada por Maria Flor e Erom Cordeiro, acompanha a rotina de uma agência de investigação de pessoas desaparecidas - uma tragédia que pode atingir qualquer pessoa, de qualquer idade ou classe social, e que ocorre pelos motivos mais variados.

A História

Na trama, após o desaparecimento de sua filha Sofia, o ex-delegado Raul Fagnani (Cordeiro), abre a agência Ausentes, que se torna famosa no submundo de São Paulo por receber todo tipo de clientes, sobretudo aqueles que não podem ou não querem recorrer à polícia. Ele ainda tem esperança de descobrir o que aconteceu com sua filha.

A chegada de Maria Julia (Maria Flor) à Ausentes, muda o dia a dia de trabalho. Ela fugiu de Buenos Aires, após seu pai sumir misteriosamente, e está disposta a reencontrá-lo. Enquanto buscam por seus familiares, a dupla de investigadores se embrenha na procura por pistas para solucionar os casos que chegam à agência.

Veja o trailer:



A cada episódio uma nova história é contada em OS AUSENTES, que traz no elenco convidado nomes como Jacqueline Sato, César Troncoso, Indira Nascimento, Nuno Leal Maia, Negra Li, Flávia Garrafa, Augusto Madeira, entre outros.

Os Ausentes (Reprodução/HBO Max)

OS AUSENTES é uma produção de Warner Media Latin America e Panorâmica para HBO Max, produzida por Silvia Fu Elias, Mara Lobão e Rodrigo Montenegro, e com produção executiva de Vanessa Jardim. 

A série tem direção geral de Caroline Fioratti e direção de Raoni Rodrigues. A direção de fotografia é de Hélcio Alemão Nagamine, direção de arte de Monica Palazzo e montagem de Henrique Tartarotti. 

OS AUSENTES foi criada por Maria Carmem Barbosa e Thiago Luciano, com roteiros de Thiago Luciano, Renê Belmonte e Bruno Passeri.

Postar um comentário

0 Comentários