“Rede de Ódio”: filme de sucesso na Netflix vai virar série pela HBO


Rede de Ódio chegou à Netflix surpreendendo positivamente com uma história atual, abordando um dos assuntos mais repercutidos nos últimos tempos, as "fake news".



A trama que acompanha o jovem Tomaz Gienza, que consegue um emprego de relações públicas, e descobre que a firma para qual trabalha serve de faixada a uma rede de notícias falsas, perfis fakes e ataques de ódio.

Agora a HBO quer adaptar a história em uma série. O seriado será feito com produção executiva da Farah Films e da Vertigo.

Rede de Ódio

Segundo informações do Deadline, o diretor e o roteirista do filme, Jan Komasa e Mateusz Pacewicz, também estarão na equipe do novo projeto como produtores.


A ideia da adaptação foi do produtor Dan Farah, que descreveu a história como “um thriller fascinante, ao mesmo tempo em que é um comentário social provocativo e universal.”

O drama conta a história de Tomek, um jovem que se envolve em um gigantesco esquema de produção de fake news, incitando ódio a influenciadores digitais e políticos.

Rede de Ódio

A trama aborda de maneira provocativa reflexões sobre comunicação e política em um contexto bastante atual e efervescente em vários países pelo mundo.



Rede de Ódio ganhou o prêmio de Melhor Narrativa Internacional no Festival Tribecca 2020, ocasião em que a Netflix logo garantiu os direitos de distribuição pelo mundo.

Rede de Ódio

Não foram divulgadas maiores informações sobre a adaptação, como detalhes do enredo e elenco. Ainda não há previsão de estreia.

Postar um comentário

0 Comentários